Digite sua pesquisa

Microagulhamento: mitos e verdades do tratamento

Microagulhamento: mitos e verdades do tratamento

Microagulhamento: mitos e verdades do tratamento

Tratamento ainda gera pequenas dúvidas para as mulheres

A técnica de microagulhamento, uma das queridinhas de muitas mulheres atualmente, é conhecida também como IPCA (Introdução percutânea de colágeno por agulhas), é um tratamento dermatológico que vem sendo popularizado no Brasil a cada dia mais. Conforme se tornou conhecido o procedimento passou a ser bastante procurado, mas ainda assim ele possui diversos questionamentos.

Principais dúvidas sobre o tratamento

O microagulhamento é uma técnica que possui diversos benefícios para a pele, e vem sendo apontado como solução para questões estéticas de outras partes do corpo, bem além do rosto. Por mais que ele já seja conhecido por muitas mulheres, ainda existem dúvidas sobre o que é certo e o que não é com relação à sua aplicação.

Entre as dúvidas mais frequentes, é possível citar se o tratamento pode ser realizado em casa, se é indicado para quem tem rugas, se é parecido com o drug delivery, entre outras. Listamos aqui alguns mitos e verdades do microagulhamento.

 Mitos e verdades

Mitos

1 – Para chegar ao resultado, são necessárias muitas sessões.

Isso é um mito, pois a quantidade de sessões irá depender do tratamento e da condição que a pele apresenta. É recomendada uma sessão, com o intervalo de quatro ou seis semanas, o que dependerá do resultado desejado.

2 – O Dermaroller, aparelho utilizado na técnica, é indicado apenas para quem possui rugas

Também é mito. O tratamento pode ser feito em casos de melasma, rejuvenescimento, redução de queda de cabelo, redução de estrias, entre outros.

3 – O mesmo rolo pode ser utilizado mais de uma vez e por diversas pessoas

Mito. Pois em hipótese alguma o rolo deve ser usado mais de uma vez em várias pessoas, pois o procedimento provoca sangramento na pele, ou seja, sempre fica um resíduo de sangue, que não podem ser removidos em esterilização.

4 – Posso tomar banho de sol depois do procedimento

Também é um mito. A exposição ao sol deve ser evitada totalmente, ou seja, nada de praia, de piscina pelos primeiros sete dias após o tratamento. Isso deve ser feito de forma cautelosa.

 5 – Há restrição de idade para fazer o tratamento

Mito. O microagulhamento pode ser realizado em qualquer idade, desde que o tratamento seja indicado pelo especialista.

Verdades

1 – Logo após o procedimento, pode-se trabalhar normalmente

Verdade. Não é necessário se afastar de todas as atividades. As microlesões se fecham pouco tempo após o procedimento.

2 – Existem contraindicações para a técnica

Verdade. Não existem contraindicações, desde que o tratamento seja feito por um profissional treinado e habilitado para o procedimento. O Dermaroller é bastante seguro.

3 – Existe mais de um tipo de rolo para realização da técnica

Sim, existem rolos que variam na quantidade de agulhas e tamanho em seu tamanho. O modelo depende do foco e intensidade que o tratamento necessita.

4 –  Quem possui acne na pele pode fazer

Sim, pode. Porém, é preciso passar por uma avaliação de um especialista antes.

Quer saber mais sobre o microagulhamento, clique e conheça o tratamento na DuoHaus.


Artigos Relacionados